Por

Que Tipo de Concurseiro você é? Descubra!

Cada tipo tem seus prós e contras, e saber onde você se encaixa é essencial para saber tirar o melhor proveito da sua situação.

tipos-de-concurseiros

E aí colegas Concurseiros!

Você já parou para pensar que tipo de concurseiro você é?

Se você estuda pra concurso já deve conhecer pelo menos alguns desses tipos, eles são frequentemente vistos em bibliotecas, gráficas e fóruns de concurseiros na internet. Cada um tem seus prós e contras, e saber onde você se encaixa é essencial para saber tirar o melhor proveito da sua situação. Confira:

tipo-de-concurseiro-desesperado

Esse tipo de concurseiro não pode ver um concurso aberto que se inscreve. Você pergunta qual é o objetivo dele e ele responde: passar. Não tem foco, não sabe o que quer. Às vezes nem vai fazer a prova, mas se sente na obrigação de se inscrever, entrar nos grupos do concurso nas redes sociais e contar pra todo mundo que está se preparando para mais um concurso dificílimo.

Pró: Ele é bem informado e sempre sabe quando os concursos do seu interesse vão sair. No longo prazo, o concurseiro desse tipo já estudou várias matérias.

Contra: Como não tem uma área definida, acaba estudando matérias que não tem nenhuma relação com os próximos concursos que irá prestar. Além disso, o concurseiro desesperado perde mais tempo se informando sobre os concursos que estão por vir, que estudando de verdade.

Dica: Menos é mais. Selecione uma área com matérias em comum, assim você aproveitará melhor o que já foi estudado.

tipo-de-concurseiro-vai-que

Não estuda direito, não sabe o que quer, não comprou o material e nem sabe o que vai cair na prova, mas vai fazer porque vai que passa…

Esse tipo de concurseiro é bem comum, quando alguém pergunta pra mãe dele “e o Fulano? tá fazendo o que da vida?”, ela responde cheia de orgulho “está estudando pra concurso público, todo mês faz um, já já passa”.

Pró: Ele não tem medo de fazer provas (foi difícil achar um pro pra esse tipo de concurseiro…)

Contra: Não há melhora após as provas. O candidato está sempre no mesmo nível, à procura da sorte grande que pode ser mais difícil que passar na mega-sena.

Dica: Resolva o que quer da vida. Se você quer concurso e não estuda, não só você não está se preparando, como está deixando de usar suas energias para alcançar outros objetivos. Caso realmente queira o serviço público, é necessário mudar de atitude.

tipo-de-concurseiro-rato-de-biblioteca

Sabe aquela biblioteca do cursinho X que paga mensalidade pra frequentar? Ele já estudou lá. Sabe a biblioteca do Fórum Y? Ele conhece cada cabine e funcionário daquele lugar. Esse tipo de concurseiro gosta de pensar que é um especialista.

Quando você chega na biblioteca, ele já está lá. Carrega consigo uma cesta de livros, água, café, computador, vade mecum, caderno e, algumas vezes, até um abajur (afinal, a luz da biblioteca Z não é lá essas coisas).

Pró: Ele tem muito tempo para estudar, um ambiente adequado, e está cercado de pessoas com o mesmo objetivo. Isto, se bem utilizado, pode ser muito motivador. É como na academia: é muito mais fácil se exercitar em um ambiente propício, do que na sua casa. Mas sempre tem aquele pessoal que vai lá, só faz conversar, e se acha o geração saúde.

Contra: Passar o dia na biblioteca pode criar uma falsa sensação de evolução. Não raro os ratos de biblioteca passam o dia lá, mas estão sempre do lado de fora, tomando um cafezinho e reclamando dos concursos que fizeram.

Dica: Tenha objetivos definidos. Passar o dia todo na biblioteca não é sinônimo de melhora. Meça suas horas líquidas de estudo, exercícios, ou o que você achar melhor. Além disso, seu tempo pode ser melhor utilizado fora da biblioteca. Uma corridinha diária de 15 ou 20 minutos vai te deixar muito mais disposto, e você utilizará melhor o tempo restante.

tipo-de-concurseiro-empregado-celetista

O celetista é o tipo de concurseiro mais cansado de todos, a vida dupla é desgastante. Às vezes ele nem aguenta ir pra biblioteca e vai direto pra casa, se presenteia com um cochilo e depois vai estudar.

Pessoalmente eu o admiro. Trabalhar oito horas por dia, passar por todos os perrengues que o trabalho nos traz e ainda ter disposição de estudar no final do dia não é fácil.

Pró: Dizem que se você quer uma coisa feita rapidamente, deve delegar ela para a pessoa mais ocupada da sala. O empregado celetista é o contrário do rato de biblioteca. Ele sabe que não tem tempo a perder, e separar uma ou duas horas diárias tem um preço enorme para ele. Por isso ele se esforça para tirar o melhor proveito possível de seu tempo.

Contra: Ele tem pouco tempo e, pior, pouca energia para gastar com os estudos.

Dica: Organize sua agenda para estudar quando tiver disposição para isso. Estudar após um longo dia de trabalho, além de estressante, pode ser inútil. É melhor se condicionar para dormir cedo, acordar bem cedinho e aproveitar aquela hora em que sua cabeça está tranquila. Lembre-se que concurso não é um tiro de 100 metros, é uma maratona. Uma hora bem gasta de estudos, todos os dias, rende efeitos inacreditáveis após alguns meses.

É possível aplicar algumas técnicas que podem aumentar seu foco no conteúdo programático dos seus estudos. Assim você gasta seu tempo (que já é escasso) focando no mais importante. O Prof. Gerson Aragão está disponibilizando um Treinamento GRATUITO sobre técnicas de estudo para Concursos (Clique Aqui).

tipo-de-concurseiro-organizado

Todo o estudo dele está meticulosamente programado numa planilha. Esse tipo de concurseiro compra o material pro concurso que vai prestar, um caderno novo e mede seu resultado diariamente, quem nem as pessoas que fazem dieta e se pesam todo dia.

Pro: O candidato sabe como ele está indo. Se não está estudando o suficiente, ele sabe disso de antemão, e tem tempo para corrigir antes da prova. Além disso, ao medir o resultado minuciosamente, há uma clara sensação de melhora contínua, que ajuda a permanecer focado e motivado.

Contra: Dependendo dos objetivos planejados, não é difícil se cobrar mais que o saudável e ficar sobrecarregado. E, quando isso acontece, você não consegue estudar mais nada.

Dica: Cuidado com os objetivos que você determina. Aqui é importante administrar a frustração que seus estudos pode gerar. Uma planilha impossível vai te deixar frustrado e ansioso.


E você, se identificou com algum destes tipos de concurseiro? Não?

Faça o TESTE para saber que Tipo de Concurseiro você é. Descubra e compartilhe o resultado abaixo nos comentários!

Siga-nos aqui no Jusbrasil e também na nossa página no Facebook, fique ligado nas dicas!

Escreva um comentário

Comentar